Pelo Ibope, prefeito consolidou 55% dos votos válidos, o que liquidaria eleição

Dos eleitores que prometem votar no candidato Gilberto Kassab (DEM), 93% afirmam que não vão mudar o seu voto até chegar às urnas. Como o atual prefeito detém a preferência de 60% do eleitorado (em votos válidos, contagem que exclui os votos em branco e nulos), isso significa que ele tem consolidados 55,8% dos votos válidos, porcentual mais que suficiente para vencer a eleição de domingo, revelou pesquisa Ibope contratada pelo Estado e pela TV Globo. Dos que pretendem votar em Marta Suplicy (PT), 89% dizem que a escolha é definitiva. Como a petista tem 40% (votos válidos), isso significa que ela tem garantidos, até aqui, 35,6%. Para vencer o segundo turno um candidato deve ter 50% dos votos válidos mais 1 voto.Da mesma forma, 60% dos que prometem votar em branco ou nulo adiantam que sua decisão é definitiva; 25% deles admitem que podem mudar de opinião até domingo. Como os que pretendem votar em branco ou nulo somam 8%, apenas 2% desses votos podem ser revertidos para um dos candidatos.REJEIÇÃOA pesquisa Ibope revelou que 40% dos eleitores paulistanos rejeitam o PT e afirmam não votar nele de jeito nenhum. A rejeição dos paulistanos ao PT só é superada pela rejeição a sua candidata Marta Suplicy - 50% dos entrevistados afirmam que não votam nela de jeito nenhum.O Ibope listou os quatro principais partidos envolvidos no segundo turno para aferir a rejeição a cada um. O DEM de Kassab foi rejeitado por 15% dos entrevistados; o PMDB, por 10%; o PSDB, por 12%. O PT tem essa altíssima rejeição apenas em São Paulo. No Rio de Janeiro, o partido não recebe o voto de apenas 14%, menos que o DEM (rechaçado por 15%); em Belo Horizonte, a rejeição foi de 18%, igual à do DEM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.