Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pellegrino aposta em união da bancada do PT pela reforma

O líder do PT na Câmara, Nelson Pellegrino (BA), disse hoje ter certeza de que a bancada do seu partido vai votar unida a reforma da Previdência. "A decisão da bancada já está tomada. Apoiamos o governo, e vamos aprovar a reforma da Previdência", disse Pellegrino, após ser condecorado com a Medalha do Mérito Santos Dumont, em solenidade realizada na Base Aérea de Brasília. Segundo o líder, o relatório apresentado ontem pelo deputado José Pimentel (PT-CE) incorpora sugestões da bancada petista, como a adoção da integralidade e da paridade para os atuais servidores públicos. "É um parecer que abre um amplo canal de negociação com os servidores", afirmou. Pellegrino aposta em que o substitutivo elaborado por Pimentel praticamente será o texto que sairá do Congresso. "Eu diria que o relatório do deputado Pimentel é 99,99% do que vai sair do Congresso", afirmou. "Não tem mais nada para alterar". Ele qualificou de "positivo" o resultado da negociação que levou ao texto do relatório, ponderando que o assunto é naturalmente polêmico e dá margem a conflitos. "Não há como fazer uma reforma do sistema de Previdência no Brasil se agradar a todo mundo", disse ele. "Acho que nós chegamos a um ponto de equilíbrio. Querer mexer nisso é querer mexer no equilíbrio".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.