Pela terceira vez, Lula evita comentar boatos sobre Palocci

Pela terceira vez nesta quinta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitou responder perguntas sobre boatos em torno de um suposto pedido de demissão apresentado pelo ministro da Fazenda, Antonio Palocci.Ao final da cerimônia em que foi anunciada a expansão do programa de farmácia popular, Lula, ao ser abordado por repórteres se não iria responder sobre uma eventual saída de Palocci, ele só riu e foi embora sem dizer nada. Pela manhã, os jornalistas perguntaram ao presidente sobre os boatos de demissão de integrantes do governo. Ele apenas negou a demissão de Jorge Mattoso, presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), onde foi quebrado o sigilo do caseiro Francenildo Costa. Ao deixar o ministério dos Transportes no meio da tarde, Lula, ao ser interpelado sobre várias questões, entre elas, a os boatos de demissão de Palocci, ele limitou-se a comentar: "É muita pergunta para um único ser humano."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.