Peixe de 317 quilos é capturado no litoral carioca

Pescadores capturaram nesta quarta-feira um cherne de 317 quilos e 1,70 metro na Baía de Ilha Grande, no litoral sul do Rio de Janeiro. Ele estava próximo do local em que na sexta-feira foi pescado outro animal da espécie de 214 quilos. Foram necessários seis pescadores para tirar o peixe do mar.?Tiveram que dar uma canseira nele para conseguirem tirá-lo do mar?, disse o gerente da peixaria Lula e Juba, Marcos Santos, que vendeu o peixe em 120 quilos de filé, a R$ 12 cada. Dois restaurantes ficaram com o peixe e os pescadores ganharam alguns quilos.Os pescadores espetaram o cherne com ?bicheiros?, espécie de ganchos de açougue, e o tiraram do mar ainda vivo. Maior trabalho eles tiveram para transportá-lo do barco para a picape da peixaria. Foram necessários 10 homens.O biólogo marinho Sílvio Jablonski, professor do Departamento de Oceanografia e Hidrologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, defende que a região seja protegida. ?O cherne é uma espécie ameaçada de declínio e deve ter encontrado ali uma região ecologicamente interessante para viver. A pesca ali deveria ser suspensa para haver preservação genética?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.