Pedro Tobias deve ser eleito presidente do PSDB em SP

Cúpula do partido mantém acordo para sucessão no diretório estadual e com isso tenta evitar desgaste para definição

Pedro Venceslau, O Estado de S. Paulo

11 de junho de 2015 | 11h07

São Paulo - O deputado estadual Pedro Tobias deve ser eleito no domingo, 14, o novo presidente estadual do PSDB. O nome dele foi escolhido pela bancada de deputados estaduais da sigla e referendado pelo governador Geraldo Alckmin. 

Depois da polêmica envolvendo a disputa pelo comando diretório municipal do partido, o governador decidiu atuar para evitar que o confronto se estendesse ao diretório estadual.

A escolha de Tobias respeita um acordo estabelecido entre os tucanos de que a presidência do partido no Estado deve ser ocupada ora por um indicado da bancada estadual, ora por um escolhido pela bancada federal.

Faltando três dias para a convenção estadual, o diretório municipal do partido ainda vive um racha interno em torno da composição da nova diretoria executiva. A definição do comando chegou a ser motivo de bate-boca público entre integrantes dos grupos do vereador Mario Covas Neto e do ex-presidente Milton Flávio. A discussão sobre quem será o candidato tucano à Prefeitura de São Paulo em 2016 acirrou os debates. O filho do ex-governador Mario Covas foi eleito, mas a cúpula estadual ainda terá que chancelar a chapa em razão dos embates com o outro grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
PSDBPedro Tobias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.