Pedro Simon pede renúncia de Jader

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) pediu hoje, em discurso da tribuna do Senado, a renúncia do senador Jader Barbalho (PMDB-PA) do cargo de presidente do Senado. "Nós já estamos no mês de agosto, e o Senado não anda", afirmou Simon. "Acho que meu amigo Jader tem obrigação para com seu partido e para com o Senado de renunciar ao cargo", acrescentou, ao sustentar que Barbalho não tem condições de permanecer no cargo, do qual se licenciou por dois meses, em 20 de julho, ainda durante o recesso parlamentar. Em aparte, o líder do PPS, senador Paulo Hartung (ES), apoiou a proposta de Simon, ressaltando que Barbalho não tem condições nem políticas nem objetivas de continuar na presidência do Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.