Pedro Simon ora por Tebet em sessão do Senado

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) prestou uma homenagem em sessão da plenária, nesta sexta-feira, a seu companheiro de partido, senador Ramez Tebet, por estar "dando uma lição de coragem" ao lutar há mais de 20 anos contra um câncer. Em discurso apoiado pelos senadores Paulo Paim (PT-RS) e Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), Simon disse que "nunca houve um problema nesta Casa sem que Tebet procurasse ajudar", e citou como exemplo, ocasião em que Tebet saiu do hospital e foi direto a Brasília para discursar no Senado.O parlamentar fez uma oração para encerrar seu pronunciamento. "Peço por ti (Tebet), que estejas vivo conosco e peço a Deus que tenha misericórdia com o povo brasileiro", disse Simon.Na presidência da sessão, Paulo Paim, também pediu pela saúde de Tebet. "Senador Ramez Tebet, o Brasil todo o está abraçando, está com o senhor, um beijo no coração", disse.HistóricoO senador Ramez Tebet (PMDB-MS) entrou em coma nesta sexta-feira após complicações decorrentes de uma infecção respiratória. De acordo com os médicos, o estado de saúde de Tebet é gravíssimo. Ele completou 70 anos de idade no último dia 7 de novembro, e faz tratamento contra o câncer há mais de 20 anos. Tebet está em sua residência, em Campo Grande, acompanhado de familiares e assessores.Ramez Tebet cumpre seu segundo mandato como senador pelo PMDB. Em 2000, destacou-se no Senado como presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou o Poder Judiciário e resultou na cassação de Luís Estêvão e na renúncia de Antônio Carlos Magalhães, Jader Barbalho e José Roberto Arruda, no ano seguinte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.