Pedro Brito comandará nova Secretaria de Portos

O ex-ministro da Integração Nacional Pedro Brito vai assumir a Secretaria de Portos, criada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para contemplar o PSB, segundo uma fonte do partido.Brito é ligado ao deputado Ciro Gomes e foi convidado na sexta-feira, 16, por Lula, mas o anúncio oficial ainda não foi feito pelo Planalto. O PSB desejava administrar na nova secretaria portos e aeroportos, mas o presidente não aceitou a proposta.A nova secretaria também não ficará vinculada ao Ministério do Turismo, que será comandado pela ex-prefeita Marta Suplicy, como queriam os petistas. A idéia é mantê-la sob a alçada da própria Presidência da República.A criação da secretaria foi uma forma de compensar o PSB pela perda do Ministério da Integração Nacional, que foi para Geddel Vieira Lima (PMDB). O PSB controla também a pasta de Ciência e Tecnologia.DivisãoNa sexta-feira, o líder do PR na Câmara, deputado Luciano Castro, afirmou que o partido poderá abdicar de participar do governo Lula caso o Ministério dos Transportes seja desmembrado com a eventual criação de uma Secretaria dos Portos."Fica claro que, se (o governo) mantiver esse tipo de entendimento (criar a Secretaria), realmente, para nós é melhor não participar da administração", declarou Castro.Castro comentou que, quando o presidente Lula ofereceu o Ministério dos Transportes ao PR, ninguém jamais mencionou que uma parte do ministério seria retirada. Ele afirmou que a idéia de divisão é equivocada, "tecnicamente e politicamente", porque o sistema de transportes no País é interligado. "As ferrovias terminam nos portos. Não entendemos como a questão dos portos poderia ser tratada separadamente do Ministério dos Transportes", argumentou.(Com Denise Madueño)Este texto foi ampliado às 14h06.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.