Pedido de CPI do caso Celso Daniel é arquivado

O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), confirmou que o requerimento para a instalação da CPI do caso Celso Daniel foi lido e arquivado pela mesa da Casa. Um dos assessores da secretaria geral da mesa informou que o arquivamento foi feito porque o requerimento não atendia ao requisito de 27 assinaturas de senadores para a instalação de uma CPI. O requerimento tinha 28 assinaturas, mas a do senador Teotônio Vilela Filho (PSDB-AL) foi cancelada porque o seu suplente João Tenório (PSDB-AL) também havia assinado. Além disso, a mesa informa que os senadores Papaléo Paes (PMDB-PE) e Paulo Otávio (PFL-DF) retiraram as assinaturas. Com isso, ficaram apenas 25 assinaturas. O líder do PSDB, Artur Virgílio (PSDB-AM), disse não acreditar na possibilidade de conseguir as assinaturas necessárias até a meia-noite de hoje. Caso fossem obtidas, elas poderiam ser incluídas e o requerimento ainda seria publicado amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.