Pedetista nega fraude e ataca família Sarney

O ex-governador do Maranhão Jackson Lago (PDT) respondeu às acusações de irregularidades com ataques à família Sarney e à governadora Roseana Sarney (PMDB), que o substituiu."Os Sarney têm a técnica do ladrão que sai gritando ?pega ladrão? para disfarçar suas ações", disse Lago.O ex-governador disse que se defenderá de todas as acusações, uma a uma. "Eles estão revoltados porque eu economizei dinheiro ao contratar uma empresa de São Luís para os voos. O governo de Roseana tinha convênio com uma empresa de jatinho do Recife. Toda vez que viajava, o avião tinha de se deslocar de Pernambuco. Imagine o preço que ficava."O pedetista disse que, ao contrário do que afirma o atual governo, não promoveu o superfaturamento de contratos."Economizei. Todo mundo que me conhece sabe que só tenho um apartamento, comprado com meu dinheiro de médico-cirurgião. Vá ver os bens dos Sarney."Ele criticou Roseana por, segundo ele, usar um jatinho em seus deslocamentos. "Eu não quis jatinho. Procurei uma empresa local, com aviões muito mais baratos. Foi isso o que fiz."Lago disse que está preparado para responder a todos os inquéritos, processos e acusações que lhe forem feitas. Para tanto, contratou o advogado Daniel Leite, que o defenderá já nos três primeiros inquéritos. Quanto à acusação do governo atual de que assinou contrato superfaturado com uma fundação, ele disse que provará também que não há nada irregular. "A verdade vai aparecer".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.