PDT-RS pedirá punição a Collares por apoiar Tarso Genro

A Executiva Estadual do PDT vai encaminhar à Comissão Nacional de Ética do partido um pedido de punição ao ex-governador Alceu Collares. A decisão foi tomada nesta segunda-feira durante reunião que examinou o comportamento político de Collares, que está apoiando abertamente Tarso Genro (PT) ao governo do Rio Grande do Sul, enquanto o PDT participa da chapa de José Fogaça (PMDB) com o candidato a vice-governador Pompeo de Mattos. As sanções podem ir de advertência à expulsão.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

19 Julho 2010 | 20h56

O presidente estadual do PDT, Romildo Bolzan Júnior, disse que o ex-governador não se resignou por ter perdido uma discussão interna e passou a descumprir uma decisão partidária. Collares, um nome histórico do PDT, vem sustentando que não pode ser punido porque segue orientação nacional do partido de só apoiar nos Estados candidatos engajados na campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República. Embora cortejado por Dilma e José Serra (PSDB), Fogaça não dará palanque a nenhum dos dois, preferindo adotar uma postura que denominou "imparcialidade ativa".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.