AO VIVO

Eleições: 2020: notícias, resultados e apuração do 2° turno

PDT divulga nota de apoio a Dr. Hélio

Texto trata as denúncias contra a administração de Campinas como ‘insinuações’ e diz confiar nas ações do prefeito

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br

09 de junho de 2011 | 08h32

BRASÍLIA - Dezenove dias depois de uma força-tarefa do Ministério Público, da Polícia Militar e da Corregedoria da Polícia Civil colocar na mira a administração municipal de Campinas (SP), o PDT saiu ontem em defesa do prefeito da cidade, Dr. Hélio, filiado ao partido. Segundo as investigações, a chefe de gabinete e mulher do prefeito, Rosely Nassim, centralizava o recebimento de propina do esquema que desviava recursos da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A (Sanasa) de Campinas.

 

Na nota, o PDT trata as denúncias como "insinuações". O partido afirma que o prefeito é uma grande liderança regional e partidária e que tem confiança nas suas ações.

 

A nota é assinada pelo presidente em exercício do Diretório Nacional, André Figueiredo, e pelo presidente do Diretório de São Paulo, o deputado federal Paulinho da Força.

 

Apoio. O texto do PDT começa dizendo que o partido vem "a público externar sua solidariedade ao companheiro e prefeito da cidade de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, o Dr. Hélio, diante das insinuações no qual vem sendo alvo nas últimas semanas de parte da imprensa e adversários políticos".

 

As lideranças pedetistas afirmam depositar "no companheiro Hélio total confiança". Eles continuam dizendo acreditar que os "serviços prestados à cidade de Campinas são de grande relevância para o Brasil".

 

"Diante deste quadro político, viemos a público mostrar todo o apoio e solidariedade para que sua carreira como homem público continue, como sempre foi, exitosa e acima de qualquer suspeita de atos que maculem sua imagem política e partidária", conclui o texto.

 

Antes de o escândalo estourar, Dr. Hélio foi sondado para integrar o PSD, partido que está sendo criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.