Paulo Renato lamenta "pérolas" do Enem

O ministro da Educação, Paulo Renato Souza, lamentou o nível das redações de alguns jovens do ensino médio, feitas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Trechos desses textos foram divulgados hoje pela Agência Estado e publicados no portal Estadão.com.br. "É lamentável que tenhamos jovens que estão no ensino médio, ou que tiveram ensino médio, cometendo erros desse calibre", afirmou o ministro. Ele ressaltou, no entanto, que a avaliação do Enem ajudará para que esse problema não volte a se repetir no futuro. "O ensino médio no nosso País vem melhorando. Não tenho dúvidas disso. Nós observamos isso através do sistema de avaliação do ensino básico", acrescentou Paulo Renato. Ele lembrou também que o sistema de ensino está se expandindo. "A matrícula cresceu em mais de 70%. É uma população carente que chega ao ensino médio e que vem de famílias de escolaridade baixa. Tudo isso influi negativamente", argumentou o ministro, que participou hoje da assinatura do termo de cooperação envolvendo o programa Bolsa-Escola, o programa de Alfabetização Solidária e o governo do Ceará.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.