Paulo Renato espera definição do PSDB

O ministro da Educação, Paulo Renato Souza, disse hoje em São Paulo que ainda não tem definição do PSDB em relação à sua possível candidatura ao Senado Federal. Há alguns dias, o ministro cobrou do partido se ele ou o presidente nacional da legenda, deputado José Aníbal (SP), sairiam candidatos ao Senado por São Paulo, pois o partido só pode indicar um candidato por estado."Eu coloquei meu nome à disposição do partido e sequer vou falar sobre este tema", afirmou.Paulo Renato comemorou o crescimento na última pesquisa Vox-Populi da candidatura do ministro José Serra (PSDB) à Presidência. Segundo levantamentos do instituto, divulgado ontem, Serra cresceu de 7% para 11%. "O resultado é muito importante e significativo. Nós esperávamos por isso", considerou. Segundo o ministro, o crescimento de Serra na pesquisa é sinal "de bom agouro", já que esta é a primeira pesquisa divulgada após o lançamento da candidatura do tucano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.