Paulo Octávio deixa o CCBB sem falar com a imprensa

O governador em exercício do Distrito Federal, Paulo Octávio, deixou nesta manhã o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde se reuniu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo assessores do governador. A expectativa é de que Paulo Octávio dê entrevista coletiva ainda pela manhã. Ele já teria preparada uma carta de renúncia para anunciar depois do encontro com o presidente.

LEONENCIO NOSSA, Agencia Estado

18 Fevereiro 2010 | 10h58

O governador entrou e saiu do CCBB pela porta privativa do presidente Lula. Antes dele deixar o local, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e o ex-procurador-geral da República e ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), José Paulo Sepúlveda Pertence, estiveram no CCBB, mas evitaram falar com a imprensa. Pertence chegou a ser cogitado para interventor do Distrito Federal, caso o STF julgue pela intervenção, na próxima semana. Perguntado se seria o candidato do governo para interventor, respondeu: "Só se vocês (jornalistas) estiverem convidando".

Mais conteúdo sobre:
mensalãoDEMPaulo OctávioCCBB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.