Paulo Bauer: Aécio permanece como presidente licenciado até nova eleição

Líder do PSDB no Senado assegurou que o senador mineiro tem apoio dos tucanos nas duas casas

Julia Lindner e Renan Truffi, O Estado de S.Paulo

24 de outubro de 2017 | 15h53

BRASÍLIA - Após reunião da bancada do PSDB, o líder do partido no Senado, Paulo Bauer (SC), assegurou que o senador Aécio Neves (MG) permanecerá licenciado da presidência do partido até a próxima Convenção Nacional, no dia 9 de dezembro, quando está prevista oficialmente a troca no comando da sigla.

Ele declarou que Aécio não se manifestou sobre uma eventual renúncia e reforçou que o senador mineiro conta com o apoio dos tucanos na Câmara e no Senado. "Não houve nenhuma manifestação e nem há necessidade para isso", declarou.

Vitória de Aécio não deve aumentar votos de Temer

"Com relação aos assuntos internos do partido, avaliamos a situação e o presidente (interino) continua sendo Tasso (Jereissati). Ele vai conduzir o partido até 9 de dezembro quando teremos a convenção nacional. Aécio vai permanecer como licenciado, pois não há necessidade de fazer nenhum procedimento neste momento em relação à presidência", disse.

Fim do foro está parado há cinco meses na CCJ da Câmara

Questionado sobre as declarações de Jereissati na semana passada, pedindo para que houvesse uma solução definitiva até esta semana sobre a presidência, Bauer afirmou que não é uma questão partidária. "É uma questão pessoal de Tasso continuar no exercício da presidência. Pelo que observamos, ele vai cumprir muito bem a função até a próxima convenção."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.