Paulistas protestam contra morte de Tim Lopes

O movimento Basta de Violência, sindicatos e organizações civis promovem nesta sexta-feira, a partir das 12 horas, no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, um ato público em protesto contra o assassinato do jornalista Tim Lopes, da Rede Globo de Televisão, e contra a falta de segurança nos grandes centros urbanos brasileiros. Lopes foi assassinato por traficantes de drogas quando preparava reportagem sobre baile funk e narcotráfico nos morros do Rio de janeiro. "A população de São Paulo está sendo convidada a comparecer e protestar, porque o assassinato de Tim Lopes somente desnuda uma situação extremamente grave: os brasileiros estão cada vez mais reféns do crime organizado nas periferias das cidades, grandes ou pequenas. Regras básicas do estado democrático, como o direito de ir e vir, já são ameaçados por grupos criminosos, fortalecidos pelo sentimento de impunidade", afirma o comunicado divulgado nesta terça-feira pelas entidades que promovem a manifestação.

Agencia Estado,

11 de junho de 2002 | 19h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.