Paulinho se reúne com Aécio para discutir reformas

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, reúne-se amanhã em Belo Horizonte com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), para discutir a condução das reformas tributária e previdenciária no Congresso Nacional. Ontem Paulinho esteve reunido com o secretário da Casa Civil de São Paulo, Arnaldo Madeira, e com o presidente estadual do PSDB, deputado estadual Edson Aparecido. "São Paulo arrecada R$ 38 bilhões por ano e gasta R$ 7,5 bilhões apenas com Previdência. Isso é insustentável e por isso vamos mobilizar a Força para apressar a aprovação das reformas no Congresso", afirma. Paulinho disse que quer entender as propostas de reformas dos Estados para, posteriormente, discuti-la com o movimento sindical de forma mais ampla e, em caso de consenso, apoiá-la. O principal questionamento do sindicalista se refere a tributação de inativos que recebam acima de R$ 1.058, ponto crucial da reforma da Previdência para aliviar as contas dos Estados. "Entendemos que a tributação dos inativos deveria ser feita para quem ganha mais de R$ 2,4 mil. Qualquer outra proposta fora disso terá que ser muito bem discutida".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.