Paulinho mantém nomeações em secretaria estadual

O secretário de Emprego e Relações do Trabalho, Carlos Ortiz, indicou mais um integrante do seu partido, o PDT, para ocupar cargo no órgão. Nesta terça-feira (15), o Diário Oficial trouxe a nomeação como assistente técnico de Enilson Roberto da Silva, pedetista de Barretos, cotado para assumir o escritório da pasta na cidade. Ortiz foi indicado para a secretaria pelo deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical, e chegou até a acomodar na pasta um filho do parlamentar. O PDT apoia o governo na Assembleia paulista.

JULIA DUAILIBI, Agência Estado

16 de janeiro de 2013 | 09h05

Dos sete cargos mais importantes da secretaria, o PDT controla cinco: além do secretário, são filiados ao partido Aparecido de Jesus Bruzarosco, secretário adjunto, Tadeu Morais de Sousa, chefe de gabinete, Pedro Nepomuceno de Sousa Filho, coordenador de Políticas de Emprego e Renda, e Luciano Martins Lourenço, coordenador de Políticas de Inserção no Mercado de Trabalho. Apenas dois coordenadores da cúpula do órgão não são filiados: Marcos Akamine Wolff ( Operações) e Antonio Sebastião Teixeira Mendonça (Políticas de Empreendedorismo).

Além das indicações políticas na direção da pasta, responsável por implementar projetos de qualificação profissional e de atendimento ao trabalhador, foram nomeados como diretores técnicos dos escritórios regionais da secretaria integrantes do PDT ou sindicalistas ligados à Força. Dos 21 escritórios regionais, pelo menos nove estão nas mãos de pedetistas ou de sindicalistas ligados à entidade.

Questionada, a pasta informou, por meio da assessoria de imprensa, que "todos os ocupantes de cargos na secretaria atendem aos requisitos legais e preenchem as atribuições dos cargos para os quais foram designados, em conformidade com o Art. 37 da Constituição Federal".

Em 2012, o Ministério Público instaurou inquérito civil público para investigar as nomeações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Tudo o que sabemos sobre:
Paulinho da Forçanomeações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.