Patrus diz que novo Ministério dará continuidade aos projetos

O novo titular do recém-criado Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, afirmou hoje que pretende dar continuidade, no cargo, aos projetos que vinham sendo tocados pelos ex-ministros Benedita da Silva (Promoção Social) e José Graziano (Segurança Alimentar e Combate à Fome). "Estamos avaliando e sabemos que existem bons projetos e, inicialmente, vamos dar continuidade a eles. Depois, veremos quais novas ações poderão ser tomadas". O ministro pediu aos jornalistas que, se possível, parem de qualificar seu Ministério de "superministério", já que, segundo ele, seu cargo está em igualdade de condições com os demais do governo Lula. Patrus Ananias disse ainda que sua expectativa em relação ao novo trabalho não é a de dar uma "guinada" nas ações que já vinham sendo postas em prática, e sim potencializar e continuar avançando nos projetos. "Não estamos partindo do zero". Disse ainda que o PT está "muito bem representado" no governo Lula e que as lideranças do partido estão satisfeitas e conscientes de que o governo é "democrático e popular, mas também de conciliação nacional", o que faz, segundo ele, com que seja necessário trabalhar com outros partidos. "A opção do presidente Lula foi a de agregar novas forças políticas para podermos avançar no processo de desenvolvimento econômico, social e político do País."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.