Patriota expressa solidariedade a presidente venezuelano

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, vem mantendo contatos com a chancelaria da Venezuela, desde a última segunda-feira, para manifestar solidariedade ao presidente Hugo Chávez, que se submeteu a mais uma cirurgia, em Cuba, e reforçar o convite para que ele venha se tratar no Brasil. O contato vem sendo feito com o vice-ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Temir Torra.

LISANDRA PARAGUASSU, Agência Estado

12 de dezembro de 2012 | 12h25

Desde que foi diagnosticado com câncer, Chávez já se submeteu a quatro cirurgias. A última delas foi ontem à noite e segundo o governo venezuelano, foi bem sucedida.

Logo depois de diagnosticada a doença Chávez chegou a enviar o chanceler Nicolás Maduro ao Brasil para se informar sobre o hospital Sírio Libanês, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff já se submeteram ao tratamento. Mas depois que a imprensa descobriu o interesse do presidente venezuelano de se tratar no Brasil, ele optou por Cuba.

Tudo o que sabemos sobre:
BRASILVENEZUELACHÁVEZ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.