Patriota discute com secretário dos EUA visita de Dilma a Obama

Objetivo do encontro é interesse americano em aprofundar as relações bilaterais

Denise Chrispim Marin, correspondente de O Estado de S. Paulo

15 de maio de 2013 | 18h20

WASHINGTON - O ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, se encontrará com o secretário de Estado, John Kerry, no dia 20, em Washington. Ambos vão tratar de questões de interesse comum aos Estados Unidos e ao Brasil, como a guerra Civil da Síria, e detalhar a visita oficial da presidente Dilma Rousseff a seu colega Barack Obama, programada para outubro.

Kerry pretendia encontrar-se com Patriota no Brasil, como gesto do interesse americano em aprofundar as relações bilaterais. Mas as duas tentativas anteriores foram canceladas por causa de compromissos urgentes e imprevistos de Kerry no exterior. Em seu lugar, o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, enfatizará a disposição de seu país de estabelecer uma aliança mais densa com o Brasil nas áreas de energia, de segurança alimentar e de comércio. Biden visitará o Rio de Janeiro e Brasília entre os próximos dias 28 e 31.

Até esta quarta-feira, 15, a Casa Branca não confirmava a visita oficial de Dilma em outubro, seguindo o protocolo de não anunciar eventos como esse com mais de 60 dias de antecipação. O Itamaraty já confirmou o encontro em Washington. Ainda não está definida a data precisa e se Dilma será recebida com as honras de visitante de Estado, que envolveria sua visita também ao Legislativo e ao Judiciário e ser recebida em jantar de gala por Obama na Casa Branca. Essas questões devem ser abordadas na conversa entre Patriota e Kerry.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.