Patricia sairia viva de qualquer jeito, diz Luciana

Luciana dos Santos Souza, 24 anos, uma das participantes do sequestro da filha de Silvio Santos, Patricia Abravanel, deverá ser entregue à polícia paulista ainda hoje, após prestar depoimento e passar por exame de corpo de delito em Salvador, para onde foi levada após se entregar na cidade de Bom Jesus da Lapa. Hoje, Luciana deu entrevista coletiva e garantiu que, com ou sem dinheiro de resgate, Patricia sairia viva e sem qualquer dano físico do cativeiro."Eu falei para ela: olha, você vai ser libertada. Desde o primeiro momento eu fiz esta pergunta ao Fernando, ele me deixou claro que em nenhum momento ela seria usada em caso de perigo. Ele podia morrer, mas sem ela?, disse Luciana. Sobre sua participação no sequestro, comandado por Fernando Dutra Pinto - que mais tarde invadiria a casa de Silvio Santos -, Luciana disse que tudo aconteceu rapidamente. ?Quando vi já estava envolvida. Não sabia de todo o plano. Quando eles falaram que a princesa estava com eles, eu me ofereci para cuidar dela. Ele (Fernando) não queria me levar."Luciana, na entrevista, declarou que a idéia dela e de Fernando era gastar o dinheiro que receberiam pelo resgate na compra de cestas básicas e outras contribuições para os pobres. Segundo Luciana, Patrícia Abravanel tinha conhecimento desse plano: "A gente estava disposta a isso, até a Patricia sabia. Deus sabe que eu não estou mentindo."Luciana afirmou hoje, como já havia feito em entrevista concedida à TV Bahia ontem à noite, que sua amiga Tatiana, já presa, não participou do sequestro de Patricia Abravanel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.