Partidos terão que indicar novos membros para CPI exclusiva

PMDB e DEM sugeriram nomes, mas terão que ser refeitos já que estes senadores participaram de outras CPIs

Agência Senado

14 de abril de 2008 | 13h38

A CPI exclusiva do Senado que irá investigar o uso dos Cartões Corporativos  não tem previsão para começar. A Comissão Diretora do Senado aguarda que os partidos indiquem os membros do novo colegiado.Segundo a secretária-geral da Mesa, Cláudia Lyra, dois partidos chegaram a indicar os participantes - PMDB e DEM. Mas as indicações terão que ser refeitas, uma vez que havia nomes de parlamentares que já participam de outras CPIs. Veja também: Vazamento de dossiê contra FHC abre guerra dentro da Casa CivilDossiê FHC: o que dizem governo e oposiçãoPF pede a governo dados sobre segurança da Casa CivilPF abre inquérito para apurar vazamento de dados de FHCDossiê com dados do ex-presidente FHC  Entenda a crise dos cartões corporativos   Lyra esclareceu que cada senador pode participar apenas de duas comissões parlamentares de inquérito - em uma como titular, na outra como suplente. De acordo com as normas regimentais, as comissões mistas, onde também atuam deputados, não entram nessa conta. A liderança do PSDB informou na manhã desta segunda-feira que não tem ainda o nome dos senadores que serão indicados para participar da CPI nem tem previsão de quando esses nomes serão divulgados. Nesta terça-feira, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos Cartões Corporativos realiza reunião para votar requerimentos. A reunião deve definir os rumos da comissão, uma vez que na quinta-feira passada foi ouvido o último dos convidados cuja presença havia sido requisitada pelos parlamentares da CPI Mista. A presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), vem afirmando que não realizará mais reuniões caso requerimentos relevantes para as investigações não sejam aprovados. A parlamentar pretende apenas marcar data para a votação do relatório final da CPI Mista. Na última semana, porém, o relator da comissão, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), afirmou em entrevista que as reuniões devem continuar e que novos requerimentos de audiências deverão ser aprovados nesta terça-feira. A reunião da comissão mista terá início às 9h30, na sala 2 da Ala Nilo Coelho.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI dos cartõescartões corporativos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.