Partidos têm espaço para linha desenvolvimentista, diz Temer

O presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer (SP), disse nesta segunda-feira que há espaço no cenário político nacional para os partidos políticos adotarem um discurso e uma postura mais desenvolvimentista, ao comentar notícia divulgada pela imprensa de que o governador eleito de São Paulo, José Serra (PSDB), está propondo a criação de um novo partido de centro-esquerda, uma legenda desenvolvimentista. Sobre a proposta, ele disse: "Ouvi falar da possibilidade de criação de um partido desenvolvimentista, mas não há nada concreto, por enquanto, são meras suposições." A proposta de Serra já vinha sendo comentada nos últimos dias, mas ainda não há confirmação. O governador eleito de São Paulo viajou para Washington nesta segunda-feira.Questionado se já havia conversado com Serra sobre o assunto, Temer desconversou: "Não recebi nenhuma notícia mais concreta, nem recebi nenhum convite." E voltou a falar que existe espaço no cenário político para os partidos atuarem ou revelarem um discurso desenvolvimentista: "Os partidos precisam tomar conta desta palavra para trazer benefícios ao País. Mas se os partidos (atuais) não fizerem isso, acho que há espaço para a criação de um partido de natureza desenvolvimentista."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.