Partidos são acusados de propaganda ilegal

A Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe ingressou com dez representações contra partidos políticos que fizeram propaganda eleitoral antecipada no primeiro semestre deste ano. De acordo com a procuradoria, PMDB, PT, PC do B, PSDB, PSB, PTB, PP, PR, PSC e DEM utilizaram o horário da propaganda partidária para realizar promoção pessoal de alguns de seus filiados ou para denegrir opositores. "A propaganda partidária deve ser utilizada para promoção da agremiação e não de políticos", disse o procurador regional eleitoral substituto, Ruy Nestor Bastos Mello.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.