Partidos querem votar projetos de segurança em SP

Os partidos políticos prometem um esforço concentrado para votar projetos de segurança na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Atualmente, há 86 projetos sobre o assunto tramitando no Legislativo paulista. Ficou combinado que cada uma das 14 bancadas deverá indicar, a partir de hoje, um projeto para apreciação na Casa.Alguns deles são polêmicos, como o apresentado pelo governo do Estado propondo o pagamento de recompensa para quem der informações que levem à prisão de criminosos. O presidente da Assembléia, deputado Walter Feldman (PSDB), disse hoje que essa proposta está provocando muito discussão.Segundo ele, vários parlamentares, principalmente da oposição, acreditam que a recompensa pode criar um certo "comércio" nas informações sobre o crime em São Paulo, desestimulando a própria polícia e o Disque-Denúncia.Em entrevista ao programa Bom Dia São Paulo, da TV Globo, Feldman informou que ainda esta semana uma comissão de deputados paulistas irá ao Congresso Nacional, em Brasília, para pressionar no sentido que propostas importantes para São Paulo sejam votadas."Nós temos a clareza de que os projetos estratégicos e estruturais mais importantes sobre segurança estão em Brasília. Nós deveremos ir ainda esta semana ao Congresso, todos os líderes, para fazer uma pressão saudável e democrática junto aos parlamentares".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.