Partidos querem Jader investigado mais rápido

Os líderes dos partidos políticos no Congresso se reuniram, nesta terça-feira, na sede do Ministério Público Federal, com o procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, a quem apelaram para que acelere as investigações sobre as denúncias de irregularidades envolvendo o presidente do Senado, senador Jader Barbalho (PMDB-PA).Os senadores decidiram encaminhar uma carta à 12ª Vara da Justiça Federal, onde tramita o processo contra Barbalho, para que a apreciação do caso seja feita com a maior rapidez possível.Renan quer tudo esclarecidoÀ saída do encontro com Brindeiro, o líder do PMDB no Senado, senador Renan Calheiros (AL), disse que o partido quer ver tudo "absolutamente esclarecido". Calheiros relatou que os lídeeres, durante a reunião com Brindeiro, lhe pediram que o processo sobre Barbalho seja concluído até o final do recesso parlamentar (fim de julho) para que, em agosto, quando o Senado reiniciar seus trabalhos, esse assunto possa estar resolvido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.