Partidos pedem cassação de Zeca do PT

A cassação do mandado e a inegibilidade do governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, foi pedida nesta segunda-feira ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), no final da tarde. A documentação foi protocolada pelo advogado Paulo Tadeu Hendchen, em nome dos quatro partidos. O advogado adiantou que na terça-feira também entra com "denúncia crime" na Procuradoria da República, baseado em documentos que inidcam "corrupção eleitoral no governo Zeca do PT", durante a última campanha eleitoral do governador conforme informou.Os partidos denunciantes são os principais aliados do prefeito de Campo Grande, André Puccinelli (PMDB), pré-candidato ao governo do Estado. Uma das denúncias que foram feitas acompanhadas de provas é a de que o presidente regional do PT, Vander Loubet, e o vereador Alex do PT, assinaram documento, registrado em cartório, prometendo distribuir cargos para empresários em troca de apoio para a candidatura de Zeca do PT, na eleição de 98.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.