Partidos definem nomes para CPI do Detran no RS

Os partidos políticos começaram a definir, hoje, quais serão seus representantes na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar se agentes públicos participaram como operadores ou beneficiários da fraude que desviou R$ 44 milhões do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) gaúcho e de favorecimentos em licitações de serviços e obras públicas. A CPI será instalada na semana que vem. A oposição, que fez o requerimento, já tem alguns nomes.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

17 de agosto de 2009 | 20h46

O PT vai indicar a deputada Stela Farias e o deputado Daniel Bordignon. O DEM escalou Paulo Borges. E o PDT escolhe seu titular entre Paulo Azeredo e Gilmar Sossela. Entre os aliados da governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, que terão oito das 12 cadeiras, o PSDB vai definir seus dois nomes entre Adilson Troca, Coffy Rodrigues, Jorge Gobbi e Zilá Breitenbach, enquanto Luciano Azevedo representa o PPS. O PMDB e o PP, ambos com duas vagas, e o PTB, com uma, podem usar o prazo que todos têm até sexta-feira para escolher seus nomes.

Tudo o que sabemos sobre:
CPIDetranYeda Crusius

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.