Paraná tenta mais uma vez se livrar dos transgênicos

A Comissão de Biossegurança do Ministério da Agricultura, que analisa o pedido do Paraná de se tornar área livre de transgênicos, deve ter uma definição para o caso amanhã. A reunião para tratar do assunto foi transferida duas vezes nesta semana. O governo do Estado tenta conseguir o atestado de área livre desde outubro, quando foi sancionada a lei estadual proibindo o plantio, comercialização, transporte e exportação de soja transgênica no Estado. As duas primeiras solicitações foram negadas por falta de dados, conforme comunicou o ministério ao governo do Paraná. No dia 19 de novembro, um outro relatório foi encaminhado a Brasília. Neste documento, constam as estratégias de atuação, metas estabelecidas e o cronograma de fiscalização, acompanhando todo o ciclo da cultura até a colheita. As informações são da Agênca Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.