Paraná executa desocupação de duas áreas invadidas

O governo do Paraná anunciou ter promovido mais duas desocupações de terras na região noroeste do Estado. Os mandados de reintegração de posse foram cumpridos por um oficial de Justiça e pela Polícia Militar, que conseguiu convencer os invasores a deixarem as propriedades sem que fosse necessário o uso de força. Os invasores fazem parte de um grupo denominado Xambrê, formado por desempregados e ex-moradores do Parque da Ilha Grande, na divisa com Mato Grosso do Sul. Eles não têm ligação com o MST.Segundo o governo, da Fazenda Santa Filomena, no município de Vila Alta, foram retiradas 100 pessoas, enquanto outras 40 ocupavam a Fazenda Santa Izabel, em Xambrê, a cerca de 50 quilômetros da primeira. As famílias foram levadas para o acampamento de onde haviam saído, às margens de uma das rodovias da região. Na operação participaram 85 policiais militares. Segundo o governo, já foram realizadas 10 desocupações pacíficas neste ano, contra 29 invasões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.