Paralisação dos servidores federais é apenas parcial

A paralisação de 24 horas dos servidores públicos federais, anunciada para hoje, acontece apenas parcialmente. Segundo o Sindicato Nacional dos Técnicos da Receita Federal (Sindireceita), a estimativa de adesão é de 30 a 40 mil funcionários em todo País, dos 72 mil que compõe o Movimento Nacional em Defesa do Estado Brasileiro, que convocou a greve.Em Brasília, a maior mobilização acontece, desde a manhã de hoje, em frente à Central de Atendimento ao Contribuinte (CAC), onde houve paralisação. "O movimento visa abrir um canal de negociação com o governo. A reivindicação não é apenas salarial, mas em defesa do fortalecimento do Estado brasileiro e da valorização do concurso público", afirmou à Agência Estado o secretário geral do Sindireceita, Honório Alves Ribeiro Neto.Em São Paulo, os técnicos da receita federal optaram pela não paralisação, mas estão mobilizados, conforme informou a diretora do Sindireceita, Sílvia Felismino.Os servidores do Ministério do Trabalho aderiram à greve e realizaram um ato público esta manhã, em frente a Delegacia Regional do Trabalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.