Para Zequinha Sarney, pai e filho são alvos de 'calúnia'

O deputado federal Sarney Filho (PV-MA) disse hoje em seu discurso na tribuna da Câmara que as denúncias de irregularidades envolvendo seu pai, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) e parentes da família, incluindo seu filho, são "calúnias" e fazem parte de uma suposta "campanha midiática" contra o presidente do Senado.

AE, Agencia Estado

25 de junho de 2009 | 15h24

Zequinha Sarney, como é chamado o deputado, qualificou de "mentirosa" a informação publicada hoje pelo jornal O Estado de S. Paulo de que o filho dele, José Adriano Cordeiro Sarney, é um dos operadores do esquema de concessão de empréstimos consignados a servidores da Casa. Segundo Sarney Filho, a empresa do neto do presidente do Senado não tem relação com o esquema de empréstimos.

Tudo o que sabemos sobre:
atos secretosSarneySarney Filho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.