Para Serra, pesquisa não muda estratégia de campanha

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, afirmou hoje que os números da pesquisa Datafolha/Band nãovão alterar uma vírgula ou um grama sua estratégia de campanha. Ele caiu cinco pontos em relação ao levantamento anterior e agora tem 25% das intenções de voto. Segundo ele, a campanha segue normalmente porque aspesquisas eleitorais revelam apenas a radiografia do momento. "As pesquisas são muito voláteis; o que vale é a pesquisa dasurnas no dia das eleições", argumentou. O tucano lembrou que a preferência em relação ao seunome, nas últimas pesquisas, não tem variado. "Da mesma maneira que é baixíssima a rejeição e a vitória no segundo turno",complementou. Ao ser perguntado se o início da propaganda eleitoral gratuita na tevê poderá reverter sua posição naspesquisas, Serra destacou: "Se o segundo turno fosse hoje eu ganharia, portanto, a tevê não precisa reverter é só manter." O candidato do PSDB fez campanha, na tarde de hoje nos bairros de Perus e Taipas, Zona Oeste da capital. Durante caminhadapelas ruas destes bairros, ele distribuiu beijos, abraços e deu autógrafos para várias crianças. "Vou pedir para a minha mãe votarem você, viu?", disse um dos garotos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.