Para Serra, juros têm de cair para economia crescer

Para o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), a reunião desta semana do Comitê de Política Monetária (Copom) para decidir sobre a taxa básica de juros Selic no País vai mostrar as reais intenções do governo federal quanto ao crescimento da economia. "A intenção do governo federal de promover o crescimento econômico poderá ser avaliada pela decisão sobre os juros, que será tomada na próxima quarta-feira", considerou Serra. Atualmente, a Selic está em 13,25%.O governador atendeu ao convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e assistiu na segunda-feira ao anúncio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Mas não comentou as medidas apresentadas por Lula. Segundo ele, era impossível fazer uma análise "responsável" do PAC, porque havia tomado conhecimento das ações na solenidade.O tucano deixou Brasília pouco depois da apresentação e não participou do almoço entre os governadores. Serra alegou compromissos no interior do Estado. Ele embarcou de Brasília diretamente para Franca, onde teve uma reunião para discutir problemas de abastecimento devido às chuvas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.