Para Serra, governo não tem política para gerar emprego

O presidente nacional do PSDB, o pré-candidato à Prefeitura daSão Paulo, José Serra, disse que, em matéria de geração de emprego o governo do PT está em um ?estágio pré-pré?,pois não apresentou qualquer política concreta de combate ao desemprego. Serra disse que os financiamentos de bancos comoo BNDES deveriam priorizar os setores que deram vagas no mercado de trabalho. O candidato tucano criticou o queconsidera uma estratégia do governo petista de que ?para crescer, é preciso esperar o capital estrangeiro?. Ele fez uma ironiaem relação à viagem do presidente Lula à China. ?Quando vemos o passeio à China, tem algo de pré-colonizado. Agora a moda éa China. A China vai nos salvar?, disse Serra. O presidente do PSDB criticou a intenção da Petrobras de comprar participaçõesacionárias em distribuidoras de gás já estabelecidas como parte da estratégia de aumentar sua parcela nesse mercado. ParaSerra, a iniciativa da estatal não vai gerar novos empregos. Serra deixou o Hotel Glória onde participou do seminário?Crescimento Econômico e Emprego?, organizado pelo PSDB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.