Para Sarney, caso Demóstenes é 'página virada'

O presidente do Senado, José Sarney, considerou nesta quarta o episódio Demóstenes Torres uma página virada dentro da Casa. Para o senador, o processo de cassação de Demóstenes, aprovado por 56 votos, "demorou bastante", permitindo que todos os senadores tivessem a oportunidade de ler e decidir. Ao deixar há pouco o plenário, Sarney não quis abrir o seu voto. "O voto é secreto",afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.