Para PSDB-SP, importante é garantir presença no 2º turno

Depois da queda de cinco pontos na pesquisa de intenção de votos, o candidato tucano à Prefeitura de São Paulo e presidente do PSDB, José Serra, trocou a reunião da Executiva Nacional, em Brasília, por compromissos de campanha, na capital paulista, para recuperar votos. Os paulistas presentes à reunião da Executiva tentaram, no entanto, tranquilizar os companheiros do partido explicando que a campanha segue o ritmo previsto, sem nenhuma surpresa. Segundo eles, a briga neste momento não é diretamente com o PT ou com a prefeita Marta Suplicy, mas sim para garantir lugar no segundo turno. Na avaliação deles o resultado só estaria ruim para Serra se o candidato Paulo Maluf (PP) tivesse subido, ameaçando a sua passagem para o segundo turno. A reunião da Executiva começou esvaziada, sem a presença dos principais líderes do PSDB, como os senadores Arthur Virgílio Neto (AM) e Tasso Jereissati. Neste momento a Executiva está fazendo uma avaliação do cenário político nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.