Para Parente, governo não teme CPI da corrupção

O governo já reconhece veladamente a possibilidade de instalação da CPI da corrupção. O ministro da Casa Civil, Pedro Parente, afirmou na manhã de hoje que o governo não tem "nenhum medo" da instalação da CPI. "Se vier, tudo bem, nenhum problema, estamos prontos", disse. Parente afirmou, porém, que o governo denuncia o uso político da CPI pela oposição. "Não temos nenhuma preocupação, nenhum medo. Achamos que tudo do que se está falando já está sendo investigado".Segundo Parente, a maioria dos eventos que seriam abordados pela CPI da corrupção não diz respeito ao governo e aqueles que dizem já estão sob investigação. "É o caso da Sudam", explicou. Parente participou hoje cedo do seminário "O governo eletrônico e a melhoria da gestão pública", realizado na sede do Instituto Brasileiro de Administração Municipal, no Humaitá, na zona sul do Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.