Para Mercadante, nota do PMDB está em sintonia com governo

O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), disse que a nota divulgada hoje pela Executiva Nacional do PMDB, pedindo mudanças na política econômica, "está em sintonia com a política econômica do governo". Segundo Mercadante, trata-se de "sugestões viáveis e factíveis" que, se implementadas, vão permitir ao País combater a inflação e gerar empregos. "O sentido da nota vai ao encontro do esforço do governo em relação, por exemplo, à redução da taxa de juros e à melhoria de investimentos em infra-estrutura", afirmou. "É importante que os partidos da base façam sugestões. É totalmente compatível com a política econômica, e parte das sugestões faz parte das preocupações do governo". A nota do PMDB diz que o apoio do partido ao governo é subordinado a uma política que promova o crescimento, distribua renda e gere empregos. O partido pede ousadia na política econômica para romper os obstáculos que constrangem o crescimento da economia e considera inaceitável o discurso da incompatibilidade entre controle da inflação e crescimento econômico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.