Beto Barata / AE 16/08/2011
Beto Barata / AE 16/08/2011

Para Marco Maia, base aliada não tem problemas

Segundo presidente da Câmara, acordo para destrancar a pauta da Casa foi firmado em almoço entre os líderes da base aliada do governo

Reuters,

16 de agosto de 2011 | 16h21

A Câmara dos Deputados deve retomar os trabalhos nesta terça-feira, 16, após a paralisação nas votações imposta pela base do governo na última semana, afirmou o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS). Prevista para ter início na semana passada, a votação foi impedida por deputados da base por estarem descontentes com a relação entre Executivo e Legislativo e com a não liberação de recursos de emendas parlamentares.

De acordo com Maia, os líderes aliados acertaram em almoço nesta terça que irão iniciar o debate da medida provisória 532, que transfere a regulação do setor de etanol para a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), além de alterar o gestão dos Correios. Questionado sobre os ânimos da Casa, Maia foi enfático: "A base aliada está bem".

Já um vice-líder da base que não quis se identificar confirmou à Reuters que há um acordo para retomar os trabalhos e a votação da medida provisória deve acontecer na quarta-feira. Ele acrescentou ainda que o "clima está bom" na base, depois da movimentação do governo para conter uma possível rebelião. O vice-líder citou os "afagos" do Executivo como motivos da melhora na disposição dos aliados.

 

Na segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff convocou líderes do PT e do PMDB no Congresso para tentar apaziguar os ânimos. Foi a primeira reunião da presidente com integrantes de partidos aliados, e novos encontros devem ocorrer ainda nesta semana.

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICACAMARARETOMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.