Para Mantega, Lula é bom patrão para servidores

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, afirmou que o presidente Lula é "um bom patrão", ao anunciar que os sindicatos dos servidores têm até o próximo dia 21 para aceitar ou não a proposta de reajustes diferenciados feita à categoria. "O governo não está endurecendo nem amolecendo. Está fazendo todo o esforço para não prejudicar ninguém, evitando a greve, e neste sentido, o presidente Lula está sendo um bom patrão", disse Mantega.O ministro voltou a reiterar que a última proposta do governo, de reajustes que variam entre 9,5% e 32,27%, para as cinco maiores categorias do funcionalismo, não será mais reformulada para tentar evitar a greve dos servidores, anunciada para o dia 10. " Chegamos no nosso limite. Podemos fazer até uma discussão com alguma categoria para remanejar recursos. O que não é possível é uma proposta que aumente os gastos." Os sindicalistas, por sua vez, dizem que concordam em discutir uma proposta limitada no momento aos recursos disponíveis, mas exigem uma calendário de reposição das perdas e paridade entre os reajustes para ativos e aposentados, além da incorporação das gratificações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.