Para Maia, temores são ''besteiras''

Receitas em alta e despesas sob controle. Para o prefeito Cesar Maia (DEM), o cenário das contas da Prefeitura do Rio é o inverso do conjunto de problemas descrito por adversários e técnicos em Orçamento. "Todos os anos repetem as mesmas besteiras e todos os anos nada disso acontece", afirmou Maia, por e-mail, na única resposta à lista de 18 perguntas enviada pelo Estado.E, mesmo em viagem ao Usbequistão e à Polônia desde a semana passada, o prefeito apresentou, no boletim eletrônico que distribui pela internet, uma avaliação otimista do desempenho orçamentário e financeiro do município ao longo deste ano."No final de 2008, todas as ?curvas de nível? das despesas da prefeitura estarão rigorosamente normalizadas", sustenta o prefeito no texto."Mas aconselha-se que se mantenham os mesmíssimos sistemas de acompanhamento e controle, de forma a que se possa antecipar eventuais impactos da crise financeira internacional no País e nas finanças municipais do Rio."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.