Para Lula, Dante de Oliveira é "companheiro de luta"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou a morte do ex-governador do Mato Grosso Dante de Oliveira, autor da emenda das diretas, a quem disse considerar um "companheiro de luta" e personagem fundamental da história recente do nosso País. A declaração de Lula consta em nota divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República. A íntegra da nota:"É com grande tristeza que recebo a notícia da morte de Dante de Oliveira. A sociedade brasileira tem uma dívida de gratidão para com esse homem público que, enquanto deputado federal, propôs, naquele conturbado ano de 1983, a emenda constitucional que restabeleceria as eleições diretas para presidente no País. Na ocasião, a vontade do povo não prevaleceu e a emenda de Dante foi rejeitada. Sua ousadia, porém, fortaleceu o movimento popular que já tomava as ruas pela redemocratização do Brasil. Enquanto cidadão, companheiro de luta e Presidente da República, presto aqui minha homenagem e estendo minha solidariedade à família e aos amigos de Dante de Oliveira - personagem fundamental da história recente de nosso País."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.