Para Luizinho, denúncia da Veja é ´estelionato eleitoral´

O líder do governo na Câmara, deputado professor Luizinho (PT-SP), classificou como "covarde" e "estelionato eleitoral" a matéria publicada na revista Veja que chegou hoje às bancas. A reportagem afirma que para ter o apoio do PTB, o PT ofereceu cargos, material de campanha e R$ 150 mil a cada deputado. O acordo não vinha sendo cumprido, segundo a revista, o que faz com os petebistas queiram o rompimento."A matéria é feita em off. Portanto, é uma matéria covarde", disse o líder do governo na Câmara. E acrescentou: "É um estelionato eleitoral de quem produziu uma matéria toda em off, sem provas."O líder do governo na Câmara disse ainda que esse tipo de denúncia "infelizmente" aparece no Brasil durante o período eleitoral. "A denúncia envolve dois partidos da base e cuja coligação está na liderança das pesquisas em 13 capitais brasileiras", comentou ele, que participou hoje (18) ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de evento na sede da Petroquímica União (PQU) em Santo André, no ABC paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.