Para líder do PT, reforma do Judiciário é ?emergencial?

O líder do PT no Senado, Tião Viana (AC), definiu como ?emergencial? a reforma do poder Judiciário. Ele ressaltou que a proposta de reforma está tramitando no Congresso há mais de uma década e que deverá chegar ao plenário do Senado em 90 dias. Além do controle externo, Tião Viana defende modificações na composição dos tribunais superiores.Segundo o líder, o Legislativo é fiscalizado 24 horas por dia, o Executivo também é fiscalizado pela sociedade e o Judiciário tem que ser tratado como um poder no qual a sociedade também esteja integrada. "Não é justo a intocabilidade e o manto de distância entre um poder e a sociedade", afirmou. Veja o índice de notícias sobre as reformas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.