Andre Dusek/Estadão
Andre Dusek/Estadão

Para líder do PT, Moro deveria ter aprofundado investigação antes de aceitar denúncia contra Lula

Senador Humberto Costa (PE) disse que o partido ainda não se organizou para uma reação

Isabela Bonfim, O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2016 | 19h13

BRASÍLIA - O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-PE), disse que já esperava que o juiz federal Sérgio Moro acolhesse a denúncia do Ministério Público contra o ex-presidente Lula, mas pontuou que o magistrado poderia ter se aprofundado mais nas investigações antes de tomar essa decisão.

"Eu imaginei que ele fosse pedir ao Ministério Público alguma espécie de diligência ou investigação a mais para ter provas", disse o senador ao argumentar que a peça da denúncia oferecida pela MP é "frágil". "Não sou eu quem está dizendo. São vários juristas, gente no Supremo", complementa.

Para Costa, entretanto, essa é a forma de operar de Sérgio Moro. O líder do PT disse que o partido ainda não se organizou para uma reação. A maioria da bancada já viajou para seus estados para as campanhas eleitorais. É possível que Lula se pronuncie sobre o assunto, mas ainda não está confirmado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.