Para lembrar do seu voto

Aplicativos gratuitos permitem acompanhar as ações de políticos eleitos no exercício do cargo, além de relembrar dados da campanha

Raul Galhardi, especial para o Estado, O Estado de S. Paulo

10 de novembro de 2014 | 10h17

O processo eleitoral acabou, mas isso não significa que a participação política do cidadão se encerre. Aplicativos detalham informações dos políticos eleitos e permitem acompanhá-los, saber que projetos de lei eles propõem, quanto gastaram em suas campanhas, quantos processos respondem na Justiça, dentre outras informações.

O Estado destacou quatro aplicativos que possibilitam a você monitorar e dialogar com os representantes escolhidos:

Monitora Brasil

O aplicativo permite pesquisar e monitorar o que os políticos estão fazendo no cumprimento de seus mandatos. É possível verificar a assiduidade dos parlamentares, avaliar projetos de lei propostos por meio de comentários e "likes", assim como ver a situação desses projetos, suas ementas, últimos despachos e acessar links que levam para os seus textos.

Nas fichas dos políticos estão presentes informações como: biografia; propostas; processos a que respondem na Justiça; declaração de bens à Justiça Eleitoral; Twitter e gastos de campanha. O aplicativo também disponibiliza o telefone, e-mail e a localização do gabinete de cada político, permitindo o compartilhamento de suas fichas e a visualização de gráficos e estatísticas de cada um.

Acesse:

- Google play

- iTunes

Especificações:

- Disponível para Android 4.0 ou superior

- Requer iOS 7.0

- Compatível com iPhone, iPad e iPod - otimizado para iPhone 5

Candidaturas

Aplicativo oficial elaborado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). É um dos mais completos em disponibilizar dados de candidatos. Permite ao usuário criar uma lista de "favoritos" para acompanhá-los e dá acesso às informações pessoais dos eleitos e não eleitos: bens declarados à Justiça; propostas; limite de gastos de campanha; eleições anteriores a que concorreram e situação após as eleições dos candidatos.

Acesse:

- Google play

- iTunes

Especificações:

- Disponível para Android 2.2 ou superior

- Compatível com iPad, iPhone e iPod touch - otimizado para iPhone 5

- Requer mínimo iOS 6.1

Vote certo

Permite criar uma "cola" digital e gera estatísticas baseadas nela. Informa as atribuições de cada cargo (presidente, governador, senador, deputados federal e estadual), assim como salários, os bens declarados à Justiça e doações de campanha. Também destaca datas e informações importantes para o eleitor (1º e 2º turno; voto em trânsito; 2ª via do título de eleitor).

Segundo o desenvolvedor da ferramenta, Ivan Marrêta, o objetivo inicial era que o aplicativo fosse utilizado apenas durante as eleições. Porém, em razão da repercussão positiva da ferramenta, o projeto terá continuidade com o monitoramento de quem se elegeu. "No momento, estamos estudando qual a melhor forma de integrar os usuários a um 'monitoramento' dos políticos eleitos, de modo que seja fácil e elegante consultar as informações", afirmou.

Acesse:

- Google play

Especificações:

- Disponível para Android 2.3.3 ou superior

- Não disponível para iOS/iPhone

Meu voto digital

Possibilita criar uma "cola" digital para o eleitor lembrar em quem votou. Os desenvolvedores do aplicativo afirmam que pretendem adicionar funcionalidades que permitam acompanhar o desempenho dos candidatos eleitos.

Disponibiliza os seguintes dados dos políticos: partido; número; coligação; breve descrição; despesas máximas de campanha; site pessoal; propostas; declaração de bens à Justiça; vídeos e tweets. Também mede a popularidade do político dentro do aplicativo por meio de "likes" dados pelos usuários, gerando um mapa de intenções de voto por Estado.

Acesse:

- Google play

Especificações:

- Disponível para Android 4.0 ou superior

- Não disponível para iOS/iPhone

Tudo o que sabemos sobre:
aplicativoseleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.