Para Lampreia, fundo contra fome é viável

O ex-ministro das Relações Exteriores, embaixador Luiz Felipe Lampreia, considerou "possível" a proposta de criação de um fundo internacional destinado ao combate à miséria e à fome. Entretanto, acrescentou que já existem instituições e mecanismos internacionais voltados exclusivamente ou parcialmente a programas de ajuda aos países mais pobres.Conforme Lampreia mencionou, atuam nesse mesmo campo o Programa Mundial de Alimentos, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o Banco Mundial, os mecanismos bilaterais dos países mais ricos e várias organizações não-governamentais.Lampreia ainda lembrou que, historicamente, vem sendo difícil convencer os países mais ricos a destinar, efetivamente, recursos para o combate à pobreza mundial. Ressaltou que os lobbies nos países mais desenvolvidos em favor a esses programas tendem a não prevalecer. "Os lobbies protecionistas e militares, entre outros, costumam ser mais fortes", afirmou o embaixador.Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula - Os primeiros 100 dias

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.